Questões de vestibular - Biologia geral I

Questões de Vestibular - Energia e ecossistema

1. UFMS Quanto aos ecossistemas, é correto afirmar que;
01. se referem ao conjunto dos componentes exclusivamente bióticos;
02. produtores, consumidores e decompositores são as três categorias de seus componentes
abióticos;
04. se referem ao conjunto dos componentes exclusivamente abióticos;
08. um aquário, um lago e uma floresta são exemplos de ecossistemas, embora possuam
tamanhos diferentes;
16. se referem ao conjunto dos componentes bióticos e abióticos;
32. sua extensão não é percorrida por um fluxo de energia e matéria, não estabelecendo
diferentes níveis tróficos;
64. pode ser definido como biocenose + biótopo, sendo biocenose sua comunidade e
biótopo o conjunto de elementos abióticos do ambiente.
Dê, como resposta, a soma dos itens corretos.

3. FUVEST-SP Qual das alternativas distingue organismos heterotróficos de organismos
autotróficos?
a) Somente organismos heterotróficos necessitam de substâncias químicas do ambiente.
b) Somente organismos heterotróficos fazem respiração celular.
c) Somente organismos heterotróficos possuem mitocôndrias.
d) Somente organismos autotróficos podem viver com nutrientes inteiramente inorgânicos.
e) Somente organismos autotróficos não requerem gás oxigênio.

4. U.F. Uberlândia-MG Assinale a alternativa correta.
a) Os heterótrofos são organismos fotossintetizantes que se utilizam dos autótrofos, decompositores
e detritívoros para sua alimentação, reciclando o sistema.
b) As plantas constituem a base das cadeias alimentares, são consumidores primários, que se utilizam de água e sais minerais para produzir tecidos através da fotossíntese.
c) Predador de topo é o animal que se instala no alto de uma região, sendo, em geral, um
bom caçador, pois possui uma visão privilegiada da área de caça.
d) Um passarinho, ao predar uma lagarta de borboleta, é considerado um consumidor
terciário, pois a planta é o primário e a lagarta o secundário.
e) A base das cadeias alimentares é formada pelos organismos produtores, seres autótrofos, fotossintetizantes, muito abundantes na Terra.

5. U.E. Ponta Grossa-PR Sobre conceitos ecológicos, assinale o que for correto.
01. Biocenose é o conjunto das diversas espécies que habitam uma mesma região.
02. Biótopo é o conjunto de componentes físicos e químicos do ambiente onde vive uma
comunidade biológica.
04. Ecossistema é o conjunto formado pela comunidade dos seres vivos e os fatores
abióticos, em interação.
08. Nicho ecológico é o conjunto de relações e atividades próprias de uma espécie.
16. Hábitat é o local onde vive determinada espécie.
Dê como resposta a soma das alternativas corretas.

8. UFPB No texto a seguir, estão em negrito termos correspondentes aos diferentes NÍ-
VEIS DE ORGANIZAÇÃO utilizados em biologia.
Todos os indivíduos da mesma espécie animal que estavam vivendo na região ficaram
ameaçados por diferentes bactérias que eram capazes de romper a barreira imposta
pela pele, causando sérios danos aos organismos. Nesses casos a ação dos macrófagos
conduzidos pelo sangue até o local da inflamação foi de suma importância.
De acordo com a ordem em que esses termos aparecem no texto, os NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO
utilizados são:
a) comunidade – organismo – tecido – tecido – sistema;
b) comunidade – célula – tecido – tecido – célula;
c) população – organismo – órgão – célula – tecido;
d) população – célula –tecido –célula –tecido;
e) comunidade – organismo – órgão – célula – sistema.

9. VUNESP Considere as três cadeias alimentares a seguir.
I. vegetação → insetos → anfíbios v cobras → fungos.
II. vegetação → coelho → gavião.
III. fitoplâncton → zooplâncton → peixes → tubarão.
A maior quantidade de energia disponível para os níveis tróficos mais elevados estará
a) apenas na cadeia I. 
b) apenas nas cadeias I e III. 
c) apenas na cadeia II.
d) apenas nas cadeias I e II.
e) nas cadeias I, II e III.

10. U.F. Juiz de Fora-MG A fazenda Canto do Sabiá produz alevinos (formas jovens) de
alguns peixes de alto valor comercial. Além dessa atividade, a fazenda tem também gado leiteiro. Os alevinos são vendidos para muitos piscicultores da Zona da Mata Mineira. Os administradores da fazenda resolveram contratar um ecólogo para elaborar e implementar uma estratégia, visando à redução dos altos custos inerentes aos gastos com alimentos para os alevinos. O ecólogo utilizou a seguinte estratégia: adição de excrementos de gado, abundantes na fazenda, aos tanques-berçário de alevinos, em quantidade adequada ao volume de água. Os tanques-berçário foram, ainda, adaptados de forma a manter temperatura adequada e receber luz solar. O ecólogo teve sucesso com sua ideia. Os administradores da fazenda estão satisfeitos com o plano e conseguiram aumentar tanto a produção de alevinos como o lucro proveniente da comercialização destes.
Explique, sob o ponto de vista ecológico, o sucesso da estratégia adotada.

11. U.E. Ponta Grossa-PR São organismos heterótrofos:
01. fotossintetizantes
02. carnívoros
04. herbívoros
08. quimiossintetizantes
16. sapróbios
Dê como resposta a soma das alternativas corretas.

12. UEMS No Pantanal existe um grande número de ecossistemas aquáticos, formados por
rios, lagoas e áreas inundáveis. Dá-se o nome de fitoplâncton à comunidade de algas
microscópicas que crescem abundantemente nesses ambientes. Esses organismos exercem
em seus ecossistemas a função de:
a) consumidores primários;
b) consumidores secundários;
c) consumidores terciários;
d) produtores primários;
e) decompositores.

14. PUC-RJ No arquipélago das Cagarras, no Rio de Janeiro, ocorrem grandes colônias de
gaivotas de três espécies, que usam seus rochedos como local de nidificação. Elas têm
como alimentação básica os peixes, não são predadoras de animais terrestres e nem utilizam plantas em sua alimentação. Assim, o que mais se aproxima do conceito de nicho
ecológico ocupado por estas aves é dizer que seu nicho:
a) é o mar costeiro, onde obtêm alimento;
b) são as ilhas onde nidificam;
c) é a associação entre as três espécies;
d) é o de predador de peixes na sua comunidade;
e) é o de consumidor primário na sua comunidade.

15. FUVEST “Da noite para o dia são capazes de depenar completamente um arbusto de pomar. No entanto, não usam as folhas como alimento e sim como adubo para suas hortas subterrâneas. No formigueiro, os pedaços de folhas transportados são mastigados e empapados de saliva até se transformarem em uma espécie de massa esponjosa sobre a qual se desenvolve um mofo. Desse bolor as saúvas cuidam com o maior carinho. À força de mandíbulas, destroem qualquer “erva daninha” que tente proliferar e podam o mofo, cortando-lhe as extremidades dos filamentos, o que provoca, no lugar cortado, a formação de umas bolinhas que —estas sim — constituem o alimento das saúvas.”
Texto reproduzido de Frota-Pessoa, O. Biologia na Escola Secundária, 2ª ed., 1962, Ministério da Educação e Cultura.
Na situação descrita no texto, os níveis tróficos ocupados pelo mofo e pela saúva são,
respectivamente, de
a) consumidor primário e consumidor primário.
b) consumidor primário e consumidor secundário.
c) consumidor primário e decompositor.
d) decompositor e consumidor primário.
e) produtor e consumidor primário.

16. E.M. Santa Casa/Vitória-ES Qual a afirmativa correta:
a) O local do ecossistema onde vive uma determinada espécie é denominado de hábitat.
b) Populações são conjuntos de indivíduos geneticamente iguais.
c) Clone é um grupo de indivíduos da mesma espécie que vivem no mesmo hábitat.
d) Ecossistema é a palavra empregada para indicar o conjunto de populações de um ambiente.
e) Comunidade é a palavra que indica o conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que habitam uma região.

17. UnB-DF Os principais elementos de um dos estudos mais completos já realizados acerca da dieta do lobo-guará, publicados na revista Pesquisa FAPESP, nº. 52, estão descritos abaixo.
Metodologia: o estudo foi realizado em áreas cobertas por vegetação de cerrado, com diferentes graus de perturbação, e incluiu entrevistas feitas com moradores das fazendas próximas a essas áreas. Os dados acerca do comportamento e da dieta do lobo-guará foram obtidos pela observação direta dos animais, de vestígios e de pegadas, e pela análise das fezes, de mapas e de imagens de satélite.
Resultados das entrevistas: a maioria esmagadora dos entrevistados respondeu que os alimentos preferidos do lobo-guará são as galinhas e os frangos.
Resultados da pesquisa em relação à dieta: a alimentação do lobo-guará consiste de animais e plantas em proporções aproximadamente iguais. Come pequenos mamíferos (roedores, tatus, filhotes de veado) e aves.
Também se alimenta com frutos como a gabiroba e a lobeira, chegando essa última a representar um terço da alimentação total. Verificou-se que as sementes encontradas nas fezes mantinham a capacidade de germinar. Verificou-se também que, nas regiões mais perturbadas, a alimentação do lobo-guará também é alterada, incluindo frutas cultivadas e galinhas. Entretanto, galinhas representam menos de 2% da alimentação do lobo-guará. Para cada galinha, o lobo-guará come de 50 a 70 ratos.
Resultados das pesquisas a respeito do comportamento: o lobo-guará caminha muito, sobretudo à noite, por áreas muito extensas. As populações são pequenas. Na área preservada, o estudo mostrou que havia cinco ou seis casais, enquanto na área perturbada, apenas um casal.

Com base nas informações acima, julgue os seguintes itens, usando C (certo) ou E (errado).
( ) Como o lobo-guará caminha por grandes extensões e sua digestão não reduz a
capacidade de germinação das sementes que ingere, é correto afirmar que esse
animal contribui para a dispersão das plantas de que se alimenta.
( ) De acordo com a pesquisa, em ambientes perturbados observam-se modificações
na dieta do lobo-guará.
( ) A pesquisa mostrou que o lobo-guará tem conseguido sobreviver em áreas perturbadas
de cerrado.
( ) De acordo com os dados da pesquisa, a lobeira representa mais de 60% da dieta
vegetal do lobo-guará.

19. FEI-SP Num ecossistema, um fungo, uma coruja e um coelho podem desempenhar os
papéis, respectivamente, de:
a) decompositor, consumidor de 2ª ordem e consumidor de 1ª ordem
b) produtor, consumidor de 1ª ordem e consumidor de 2ª ordem
c) consumidor de 1ª ordem, consumidor de 2ª ordem e consumidor de 1ª ordem
d) consumidor de 2ª ordem, consumidor de 3ª ordem e consumidor de 1ª ordem
e) decompositor, consumidor de 1ª ordem e decompositor


20. PUC-PR Numa determinada área da natureza, encontramos seres vivos trocando matéria e energia. Considerando estes seres e o meio, no conjunto que formam, eles constituem:
a) o ciclo do carbono;
b) o ciclo do nitrogênio;
c) o epinociclo;
d) um ecossistema;
e) uma comunidade biótica.

21. UERJ
Ibama recebe alerta sobre o risco de um desastre ecológico em áreas de queimada
“Empregados da fazenda Felicidade, em Mato Grosso, observam gado morto pelo incêndio
que destrói pastagem e matas no estado e não pára de avançar.”
O Globo, 30/08/98.
Na descrição acima, podemos encontrar um consumidor primário da cadeia alimentar de
pastagem. Esse consumidor tem como representante:
a) o gado 
b) a mata 
c) o capim
d) o homem

22. UnB-DF Surpreendentemente, os cientistas têm uma melhor noção do número de estrelas na galáxia que do número de espécies de seres vivos que há na Terra. As estimativas da quantidade de espécies que existem no mundo variam entre 2 a 100 milhões. Dessas, apenas aproximadamente 1,5 milhão já foi catalogado pela ciência. A respeito da biodiversidade, julgue os itens a seguir, usando C (certo) ou E (errado).
( ) À medida que certos ambientes, tais como o solo, as copas das grandes árvores de
florestas tropicais e o fundo do mar, venham a ser mais estudado, muitas novas espécies serão descobertas.
( ) A biodiversidade da fauna brasileira é uma das maiores do mundo, mas está sendo
diminuída devido à fragmentação de ambientes naturais.
( ) A perda da biodiversidade é, em grande escala, o resultado indireto de outras atividades, tais como a produção de alimentos e a obtenção de energia.
( ) A manutenção da biodiversidade e o seu uso sustentável são tarefas governamentais,
restando muito pouco a ser feito pelos cidadãos, individualmente, e pelas organizações
não-governamentais.

23. UNICAMP-SP A produtividade primária em um ecossistema pode ser avaliada de várias
formas. Nos oceanos, um dos métodos para medir a produtividade primária utiliza garrafas transparentes e garrafas escuras, totalmente preenchidas com água do mar, fechadas e mantidas em ambiente iluminado. Após um tempo de incubação, mede-se o volume de oxigênio dissolvido na água das garrafas. Os valores obtidos são relacionados à fotossíntese e à respiração.
a) Por que o volume de oxigênio é utilizado na avaliação da produtividade primária?
b) Explique por que é necessário realizar testes com os dois tipos de garrafas.
c) Quais são os organismos presentes na água do mar responsáveis pela produtividade primária?

24. Unifor-CE Em um aquário com água do mar foi colocada uma pedra contendo 19 cracas, 4 anêmonas-do-mar, 2 caramujos e 5 talos de algas verdes. Além disso, foram colocados 6 paguros e 3 estrelas-do-mar. Esse aquário contém:
a) uma comunidade e uma população;
b) uma comunidade e seis populações;
c) duas comunidades e uma população;
d) duas comunidades e seis populações;
e) seis comunidades e seis populações.

25. PUC-PR Leia com atenção as proposições abaixo:
I. Potencial biótico é a capacidade potencial que tem uma população de aumentar numericamente em condições ambientais favoráveis.
II. Os fatores chamados resistência do ambiente impedem as populações de crescerem de acordo com seu potencial biótico.
III. A densidade de uma população independe das taxas de nascimento e mortes, assim como das taxas de emigração e imigração.
É ou são verdadeiras:
a) Todas.
b) Apenas I.
c) Apenas I e II.
d) Apenas II e III.
e) Apenas I e III.

29. FUVEST-SP “O tico-tico tá comendo meu fubá / Se o tico-tico pensa / em se alimentar
/ que vá comer / umas minhocas no pomar (…) / Botei alpiste para ver se ele comia /
Botei um gato, um espantalho e um alçapão (…)”
(Zequinha de Abreu, Tico-tico no Fubá).
No contexto da música, na teia alimentar da qual fazem parte tico-tico, fubá, minhoca,
alpiste e gato,
a) a minhoca aparece como reprodutor e o tico-tico como consumidor primário.
b) o fubá aparece como produtor e o tico-tico como consumidor primário e secundário.
c) o fubá aparece como produtor e o gato como consumidor primário.
d) o tico-tico e o gato aparecem como consumidores primários.
e) o alpiste aparece como produtor, o gato como consumidor primário e a minhoca como
decompositor.

30. UFPI Comparando-se os ecossistemas naturais com os artificiais, pode-se afirmar que:
I. devido a complexidade das teias alimentares dos ecossistemas naturais esses possuem
uma pequena biodiversidade quando comparados aos artificiais;
II. as monoculturas apresentam teias alimentares mais simples devido à presença de poucos elementos bióticos, como os produtores;
III. a simplicidade de teia alimentar, nos ecossistemas artificiais, favorece a concentração
da ação de herbívoros sobre um único tipo de planta, surgindo então as pragas.
Da análise das afirmativas acima podemos assegurar que:
a) apenas I está correta;
b) I e II estão corretas;
c) II e III estão corretas;
d) apenas III está correta;
e) I e III estão corretas.

31. Univali-SC
No cerrado brasileiro, há árvores, que nos meses de chuva, ficam rodeadas por vegetação
rasteira. Uma dessas árvores é o barbatimão; uma das plantas rasteiras é o capim flechinha. O barbatimão tem raízes longas e ramificações, que penetram no solo, absorvendo água dos lençóis subterrâneos. O capim tem raízes curtas, muito ramificadas, que não alcançam a água subterrânea e absorvem apenas a água da chuva, à medida que esta se infiltra no solo. Os animais que se alimentam e encontram abrigo no capim são diferentes dos que se alimentam e se abrigam no barbatimão.
O texto acima exemplifica:
a) hábitat
b) nicho ecológico
c) sucessão ecológica
d) relação intra-específica
e) bioma

32. PUC-RJ Quando nos referimos ao ecossistema de um lago, dois conceitos são muito
importantes: o ciclo dos nutrientes e o fluxo de energia. A energia necessária aos processos vitais de todos os elementos deste lago é reintroduzida neste ecossistema:
a) pela respiração dos produtores;
b) pela captura direta por parte dos consumidores;
c) pelo processo fotossintético;
d) pelo armazenamento da energia nas cadeias tróficas;
e) pela predação de níveis tróficos inferiores.

33. U. Católica Dom Bosco-MS Considerando-se as relações ecológicas em um ecossistema, pode-se afirmar a respeito do cerrado:
a) A onça pintada ocupa os primeiros níveis nas teias alimentares.
b) Perdiz, urubu-rei e papagaio ocupam o mesmo nicho ecológico.
c) Capivara e anta, alimentando-se de vegetais, integram o terceiro nível trófico.
d) O fluxo de energia no mundo vivo se inicia a partir de organismos, como a aroeira, o
pau-terra e o cajuí.
e) A biomassa dos consumidores supera as estimativas para os produtores.

36. UFRS
...“De qualquer modo, o conhecimento científico atual diz que os insetos mostram grande
potencial para uso como alimento, em função da quantidade de proteínas, gorduras,
vitaminas e sais minerais que contêm, bastando escolher as espécies mais adequadas ao
consumo humano. Diante disso, as populações ocidentais deveriam rever seus hábitos alimentares, eliminando o preconceito contra os insetos e passando a saborear pratos nutritivos e – por que não? – saborosos como torta de grilos, baratas-d’água fritas, lagartas ao molho de ameixa e outros.”
COSTA NETO, E.M. Insetos no Cardápio. Ciência Hoje, v.27, n. 161. junho, 2000.
A partir da leitura do texto, assinale a alternativa que apresenta a situação ecológica mais
provável envolvendo os organismos mencionados:
a) A lagarta e o homem podem ocupar o mesmo nível trófico.
b) A barata-d’água e a lagarta podem ocupar o mesmo nicho ecológico.
c) O grilo e a barata-d’água podem ser considerados predadores.
d) A relação entre o homem e os insetos pode ser considerada mutualista.
e) Os quatro organismos mencionados podem estabelecer competição entre si.

41. PUC-RJ A biodiversidade constitui uma das propriedades fundamentais da natureza e
tem sido muito debatida em reuniões internacionais, como a RIO 92. As opções abaixo
expressam características da biodiversidade, exceto:
a) variedade de espécies que existem em um ecossistema;
b) variedade de ecossistemas que existem em todo o planeta;
c) características genéticas existentes dentro de uma mesma espécie;
d) a quantidade de biomassa de uma determinada espécie;
e) a variedade de todos os seres vivos.


44. Cefet-PR Em uma floresta nativa há uma espécie de aranha que se alimenta de dípteros. Estes sugam seiva das plantas. Aranhas e dípteros constituem alimentos de um sapo verde que lá vive, e este por sua vez é eventualmente predado por cobras.
Assinale a alternativa incorreta.
a) A cobra ocupa dois níveis tróficos na cadeia proposta.
b) O sapo ocupa mais de uma ordem como consumidor.
c) A aranha é consumidora terciária.
d) O díptero está no segundo nível trófico.
e) A planta está no primeiro nível trófico.

46. UFRS Considere as afirmações abaixo sobre os grupos das algas e do líquens.
I. As algas planctônicas marinhas constituem a principal fonte alimentar para a maioria
dos animais que habitam as águas profundas.
II. O fitoplâncton é responsável por grande parte do oxigênio produzido pelos vegetais.
III. As algas e os líquens podem ser excelentes bioindicadores, respectivamente, da qualidade das águas e da qualidade do ar.
Quais estão corretas?
a) apenas I;
b) apenas II; 
c) apenas III;
d) apenas I e II;
e) apenas II e III.

47. UFRS Uma cachorra que se alimenta de carne bovina está parasitada por vermes intestinais e pulgas. Esta cachorra amamenta seus filhotes recém-nascidos, os quais estão
parasitados externamente por carrapatos.
Considerando apenas as relações tróficas descritas, podemos afirmar que:
a) nenhum dos organismos citados ocupa um mesmo nível trófico;
b) os vermes intestinais e os carrapatos ocupam o mesmo nível trófico;
c) as pulgas e os carrapatos ocupam o mesmo nível trófico;
d) a cachorra e os filhotes ocupam o mesmo nível trófico;
e) os filhotes, os vermes intestinais e as pulgas ocupam o mesmo nível trófico.

48. UFR-RJ Durante muito tempo foi dito à comunidade brasileira que a Amazônia deveria ser preservada pois era o “Pulmão do Mundo”. Hoje sabe-se que essa afirmativa tinha mais cunho político do que embasamento ecológico, já que os organismos que poderiam ser denominados de “Pulmão do Mundo”, são as pequenas algas do fitoplâncton.
Justifique, segundo critérios fisiológicos, o porquê de a Amazônia não poder ser considerada o “Pulmão do Mundo”.

50. U.F. Pelotas-RS
“Fóssil de animal pré-histórico é encontrado no município de Santa Maria por equipe de paleontólogos alemães”.
Essa frase possivelmente apareceu nos maiores jornais do Estado, ao final dos anos vinte, com as primeiras descobertas paleontológicas de répteis no Estado. Ao analisarmos a quantidade de répteis fósseis no período Triássico do Rio Grande do Sul (180 milhões de anos), é possível notar que a maior parte deles é composta por dicinodontes e rincossauros, ambos herbívoros. São raríssimos os exemplares encontrados de tecodontes carnívoros.
A partir dessas informações, você poderia concluir que, nesse ecossistema pré-histórico:
a) o número de presas era menor que o de predadores, fato comum até mesmo nas cadeias alimentares atuais;
b) o número de presas era maior que o de predadores, fato observado nas cadeias alimentares atuais;
c) os dicinodontes e os rincossauros eram mais numerosos porque predavam os tecodontes;
d) os tecodontes eram menos numerosos porque concorriam pelo mesmo alimento com os dicinodontes e os rincossauros;
e) os rincossauros predavam os dicinodontes, concorrendo, assim, diretamente com os tecodontes, promovendo o declínio de sua população.

51. Cesgranrio Em determinados mamíferos, como ariranhas e lontras, a contaminação de seus pêlos com o petróleo inviabiliza o controle térmico de seus corpos e impede-os de boiar. Também sofrem indiretamente por se alimentarem de outros animais contaminados. A constatação de presença destes mamíferos aquáticos em bom estado de saúde é um indicador de recuperação de ambientes onde ocorreram desastres ecológicos como aquele do texto acima.
Considere as afirmativas a seguir, a respeito das lontras e das ariranhas.
I. São produtores e, portanto, a sua presença permite a sobrevivência do restante da cadeia alimentar.
II. Servem de indicador de recuperação do ecossistema porque dependem do restante da cadeia alimentar.
III. Estão no topo da cadeia alimentar, e sua presença indica a recuperação de todo o ecossistema.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
a) I, apenas; 
b) III, apenas; 
c) I e II, apenas;
d) I e III, apenas;
e) II e III, apenas.

52. PUC-RJ O álcool e a gasolina são combustíveis que, em última análise, promovem a transformação da energia solar porque:
a) no refino de ambos, há a necessidade da energia do sol para transformação da energia química contida nas moléculas orgânicas;
b) para a fabricação do álcool, é necessária a energia solar para fermentação da glicose, e o refino do petróleo é constituído de organismo vegetais fossilizados;
c) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo é um combustível mineral;
d) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo, de florestas fossilizadas;
e) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o processo de fossilização do petróleo se dá em função de sua oxidação pela energia do Sol.

54. UFRS As matas ciliares, apesar de protegidas por lei, continuam sendo derrubadas para implantação de lavouras em áreas férteis, num procedimento que provoca inúmeras modificações ambientais.
Assinale a alternativa que apresenta corretamente algumas dessas modificações.
a) Aumento do número de espécies de angiospermas e da oferta alimentar para a ictiofauna.
b) Diminuição de processos erosivos e aumento da diversidade de nichos para a avifauna.
c) Diminuição do risco de agrotóxicos e adubos atingirem os cursos d’água e aumento do número de espécies de angiospermas.
d) Aumento da oferta alimentar para a ictiofauna e diminuição da exposição do solo aos processos erosivos.
e) Diminuição da diversidade de nichos para a avifauna e aumento do assoreamento dos cursos d’água.

56. UERN
“(...) ao que tudo indica, as zebras são brancas. O preto vem por cima. E não é atoa. As
listras distinguem cada animal e de noite confundem os predadores misturando-se com
as faixas de luz e sombra das savanas africanas.”
Superinteressante, p. 14.
A importância do padrão listrado das zebras está, assim, associado:
a) ao reconhecimento de parceiros na busca de alimento;
b) ao aumento da competição intraespecífica para a atividade reprodutiva;
c) à alta taxa de crescimento populacional por impedir a impedir a seleção natural;
d) à adaptação das populações em função dos hábitats noturnos na savana.
e) à redução da variabilidade evitando a hibridação.

57. UESC-BA Por meses uma jovem americana vem utilizando o topo de uma milenar sequóia da Califórnia, como casa. Essa majestosa árvore está ameaçada de ser derrubada,
por determinação de uma madeireira, proprietária da região, que sonha convertê-la em
cem mil dólares de tábuas. Remanescente de uma soberba floresta de sequóias, essa gimnosperma é um irrecuperável patrimônio da Biosfera que deve ser preservado.
O protesto dessa cidadã, que tem sido compartilhado por pessoas de todas as partes do
mundo, entre outras razões, justifica-se porque:
a) as sequóias são raros exemplares arbóreos das gimnospermas, que são representadas,
principalmente, por pequenos arbustos e ervas;
b) as populações de insetos que polinizam esses vegetais serão prejudicadas com a destruição de suas fontes de pólen;
c) as espécies de aves e mamíferos que se nutrem de seus frutos carnosos ficarão privadas
de seus alimentos;
d) a derrubada da sequóia, como de outras da região, envolve a perda de uma diversidade
de nichos ecológicos proporcionados por uma árvore;
e) desaparecem com as sequóias os primeiros exemplares de plantas vasculares que surgiram na evolução vegetal.

58. UERN Uma característica inerente às teias alimentares é:
a) o aumento da energia na passagem de um nível trófico para outro;
b) a transferência cíclica de energia ao longo das cadeias alimentares;
c) um mesmo organismo pode ocupar mais de um nível trófico;
d) quanto mais elevado o nível trófico, maior o número de organismos que os ocupam;
e) o ciclo da matéria é desvinculado da ação de decompositores.

GABARITO

1. 08 + 16 + 64 = 88
2. a
3. d
4. e
5. 1 + 2 + 4 + 8 + 16 = 31
6. b
7. F – V – V – F – V – F
8. c
9. c
10. A decomposição de excrementos gera nutrientes minerais que, em conjunto com
a temperatura adequada e fornecimento de luz, promovem o crescimento e a reprodução
de algas. O sucesso da estratégia adotada baseou-se na cadeia alimentar.
As algas servem de alimento para o zooplâncton, que, em conseqüência, têm
produção aumentada. Os alevinos, por sua vez, se alimentam tanto de algas como
de zooplâncton, o que justifica o aumento da sua produção a baixos custos.
11. 2 + 4 + 16 = 22
12. d
13. d
14. d
15. b
16. a
17. C – C – C – C
18. d
19. a
20. d
21. a
22. C – C – C – E
23. a) Produtividade primária refere-se à quantidade total de matéria orgânica fixada
pelos produtores durante a fotossíntese. A atividade fotossintética libera O2
como subproduto. Assim, através do volume do oxigênio produzido, tem-se
uma avaliação da produtividade primária.
b) Como não ocorre fotossíntese nas garrafas escuras, a concentração de O2 nelas
diminuirá, em relação a uma quantidade inicial, como resultado da respiração
celular dos microorganismos contidos na água.
Nas garrafas transparentes, ocorre fotossíntese. Assim, assumindo que a respiração
ocorre com a mesma taxa nas garrafas transparentes, qualquer aumento
na concentração de O2 contido nessas garrafas resulta da fotossíntese, produzindo
mais oxigênio que o consumido na respiração.
Portanto, nas garrafas transparentes, o oxigênio aumenta, e nas garrafas escuras
diminui. A adição do total de O2 que diminui no frasco escuro à quantidade
de O2 que aumenta no frasco claro cancela a respiração no frasco claro e dá a
quantidade de O2 produzido pela fotossíntese.
c) Os principais organismos aquáticos, responsáveis pela produtividade primária,
são as algas microscópicas, ou fitoplâncton.

24. b
25. c
26. c
27. a
28. C – C – C – E
29. b
30. c
31. b
32. c
33. d
34. d
35. a) Utiliza-se a massa seca porque se analisa a quantidade de matéria orgânica
envolvida em cada nível trófico.
b) A matéria seca diminui porque parte dela é “queimada” e transformada em
energia, em cada nível trófico, progressivamente.
c) Nesse ecossistema temos:
• musgos – produtores;
• gafanhotos – consumidores primários;
• sapos – consumidores secundários;
• cobras – consumidores terciários.
36. a
37. b
38. d
39. c
40. b
41. d
42. c
43. a
44. c
45. b
46. e
47. e
48. A Amazônia não é o “Pulmão do Mundo” porque a maior parte do oxigênio que
ela produz na fotossíntese é consumido por ela na respiração das plantas, animais
e outros organismos aeróbicos (Comunidade Clímax), não se justificando ser
chamada “Pulmão do Mundo”.
49. d
50. b
51. e
52. d
53. a
54. e
55. a
56. d
57. d
58. c
59. c


Questões para provas, exercícios e atividades diversas.

PROVA 1

1. Leia o texto e responda a pergunta.
O que foi a peste negra e quanta gente ela matou?
Relatos bíblicos indicam que, desde a antiguidade, o Oriente Médio já sofria com essa doença mortal, cujo nome vem das bolhas escuras que faz surgir na pele. O célebre surto medieval da peste negra teria começado na China, em 1333, chegando à Europa em 1347. Alguns historiadores acreditam que o mal - causado pela bactéria Yersinia pestis e transmitido pelas pulgas dos ratos - pode ter penetrado no continente europeu por meio de uma verdadeira ação de guerra bacteriológica. Segundo eles, soldados turcos usaram catapultas para lançar cadáveres infectados dentro de um entreposto comercial genovês na Criméia (hoje parte da Ucrânia). Outra versão afirma que a doença desembarcou acidentalmente, com ratos vindos em navios procedentes da Turquia. O fato é que a doença logo se espalhou, a partir dos portos do Mar Mediterrâneo.
"Em 1351, a peste já tinha varrido toda a Europa e estima-se que tenha matado, em apenas quatro anos, cerca de 25 milhões de pessoas - o equivalente a quase um terço da população européia na época", diz a historiadora Vera Machline, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Ela afirma ainda que ondas sucessivas de peste negra continuaram atingindo a Europa de tempos em tempos, até o século XVIII. Mesmo nos dias de hoje, ocorrem casos isolados de peste no Nordeste brasileiro, e em regiões da Índia e da África. Combatida, porém, com antibióticos, ela quase não mata mais.
Acessado em http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-foi-a-peste-negra-e-quanta-gente-ela-matou

A ÚNICA estrutura que não se encontra na Yersinia pestis é:
a) parede celular rígida que recobre a membrana citoplasmática e confere forma às bactérias.
b) cromossomo circular constituído por uma única molécula de DNA, não delimitado por membrana nuclear.
c) plasmídeo, com genes que não codificam características essenciais, capaz de autoduplicação independente da replicação do cromossomo.
d) ribossomo que, durante a síntese proteica, está ligado a uma molécula de RNAm.
e) lisossomo, com proteínas proteolíticas que ajudam na eliminação de restos celulares.

2. Os X-Men* são mutantes: humanos que, como resultado de um súbito salto evolucionário, nasceram com habilidades super-humanas latentes, que geralmente se manifestam na puberdade. Consequentemente, em suas histórias, vários homens comuns têm um intenso medo e/ou desconfiança dos mutantes (cientificamente chamados de Homo superior), que são vistos pelos cientistas em geral como o novo degrau da evolução humana. Logo, muitos os consideram uma ameaça à própria sociedade humana.



* X-Men é uma equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos publicada nos Estados Unidos pela Marvel Comics. Criados por Stan Lee e Jack Kirby, estrearam em The X-Men #1, publicada em setembro de 1963. http://pt.wikipedia.org/wiki/X-Men

Um agente capaz de provocar uma mutação de origem física, química ou biológica é conhecido como um agente mutagênico, alguns exemplos estão relacionados a seguir:
- Agentes mutagênicos físicos: raios X, raios gama, raios ultravioleta;
- Agentes mutagênicos químicos: várias substâncias ditas cancerígenas como o amianto;
- Agentes mutagênicos biológicos: alguns vírus e bactérias.
A exposição desses mutantes a um agente mutagênico levou ao aparecimento de uma nova característica (“poder”). Ao pesquisar o material genético desses mutantes por meio de análises bioquímicas, os cientistas constataram mudança na atividade de uma proteína como resultado da perda de seus quatro aminoácidos terminais. Já as análises genéticas posteriores constataram a perda de:

a) doze pares de nucleotídeos do RNAm.
b) quatro pares de nucleotídeos do DNA.
c) um gene do DNA.
d) quatro pares de nucleotídeos do RNAm.
e) doze pares de nucleotídeos do DNA.

3. Em 1993, Kary Mullis, um geneticista ao serviço da Cetus, uma empresa de Biotecnologia da Califórnia, recebeu o prêmio Nobel da Química pelo desenvolvimento de um método que permite sintetizar, em poucas horas e in vitro, uma grande quantidade de um determinado fragmento de DNA. Esta técnica faz parte integrante da moderna biotecnologia molecular, tendo trazido um enorme progresso para várias áreas, como o diagnóstico de doenças e medicina forense.
Sonia Lopes – Bio - 2007
Com base em seus conhecimentos sobre a molécula de DNA, sua duplicação e a técnica relacionada no texto, assinale a alternativa correta.

a) O processo de duplicação do DNA é conhecido como semiconservativo, pois a “molécula-mãe” do DNA, que serve de modelo, origina uma molécula de DNA, com duas novas cadeias de nucleotídeos; a técnica que o texto se refere é a de reação em cadeia da polimerase.
b) As cadeias do DNA são separadas pelo rompimento das pontes de hidrogênio que fazem a ligação entre as bases, num processo catalisado por enzimas; a técnica que o texto se refere é a de reação em cadeia da polimerase.
c) As pontes de hidrogênio que unem ambas as fitas do DNA se formam entre as bases nitrogenadas, representadas pelas letras A, C, G e U; a técnica que o texto se refere é a de PCR.
d) Quando as pontes de hidrogênio em uma molécula de DNA são quebradas obtêm-se desoxirriboses livres; a técnica que o texto se refere é a de DNA recombinante.
e) A polimerase do DNA é uma enzima que atua na produção de nucleotídeos; a técnica que o texto se refere é a de biotecnologia.

4. A célula é a unidade básica dos seres vivos, existindo seres uni ou pluricelulares. Utilizando-se a classificação que considera as algas multicelulares como protistas, associe corretamente os reinos com a constituição celular e a forma de nutrição de seus representantes, relacionando as duas colunas:
(1) Reino Monera
(2) Reino Protista
(3) Reino Fungi
(4) Reino Plantae
(5) Reino Animalia

Seus representantes:
(a) são unicelulares, autótrofos ou heterótrofos e procariontes.
(b) são pluricelulares, autótrofos e eucariontes.
(c) podem ser uni ou pluricelulares, autótrofos ou heterótrofos e eucariontes.
(d) podem ser uni ou pluricelulares, heterótrofos e eucariontes.
(e) são pluricelulares, heterótrofos e eucariontes.

A sequência correta das associações é:
a) 1a, 2c, 3d, 4b, 5e.
b) 1a, 2c, 3e, 4b, 5d.
c) 1c, 2b, 3a, 4c, 5c.
d) 1a, 2c, 3c, 4b, 5e.
e) 1c, 2a, 3d, 4b, 5e.

5. O processo de osmose também se faz presente nas células vegetais e acarreta a algumas mudanças estruturais tanto macroscópicas quanto microscópicas nas plantas. Com relação ao efeito da osmose nos vegetais, assinale a alternativa correta:

a) O turgor causado pela osmose em células vegetais garante a rigidez da planta.
b) A parede celular impede que a célula vegetal sofra ruptura quando seu interior se apresenta hipertônico em relação ao meio.
c) O vacúolo de uma célula vegetal rompe-se quando esta é imersa em solução hipotônica.
d) A parede celular impede que água entre na célula vinda do meio extracelular.
e) Ao perder água por osmose, as células vegetais sofrem plasmólise e a planta murcha.

6. O reconhecimento celular ocorre através de moléculas especializadas presentes na superfície da membrana plasmática das células. Essas moléculas são fundamentais para detectar substâncias no meio externo, assim como outras células ou patógenos. Assinale a alternativa que cita a estrutura e as moléculas que a compõem:

a) Proteínas de membrana presentes na cutícula celular.
b) Cílios e flagelos presentes na superfície da membrana.
c) Glicose e proteínas presentes nas microvilosidades.
d) Glicoproteínas e glicolipídeos presentes no glicocálix.
e) Glicoproteínas presentes nos desmossomos.

7. Certas substâncias podem atravessar a membrana espontaneamente, sem que a célula gaste energia. Há casos, porém, em que a célula necessita expulsar ou absorver ativamente certas substâncias, gastando energia no processo. Sobre a passagem de substâncias através da membrana, assinale a(s) alternativa(as) correta(s):
I – Pela difusão facilitada, substâncias atravessam a membrana por meio de proteínas contra o gradiente de concentração.
II – Através da difusão simples, moléculas pequenas apolares e gases passam ativamente pela membrana a favor do gradiente de concentração.
III – Proteínas chamadas de permeases realizam o transporte de moléculas que não se dissolvem na bicamada lipídica, como molécula com alto peso molecular.
IV – No transporte ativo, moléculas de ATP são gastas a fim de passar moléculas contra um gradiente de concentração pela membrana celular.
Estão corretas:
a) II e IV, apenas.
b) I, III e IV.
c) II, III e IV.
d) I, II, III e IV.
e) I apenas

8. Um ser vivo pode ser classificado com base na organização existente em sua estrutura celular. Assim, existem os seres procariontes e eucariontes. Com base em seus conhecimentos sobre tipos celulares, analise a imagem abaixo e assinale a alternativa correta:

a) Trata-se de uma célula procarionte, presente nas cianobactérias.
b) Trata-se de uma célula eucarionte, presente em bactérias.
c) Trata-se de uma célula procarionte, pois as organelas estão evidentes.
d) Trata-se de uma célula eucarionte, pois possui DNA.
e) Trata-se de uma célula eucarionte, presentes nas com núcleo desorganizado.

9. O DNA contém o código genético responsável pela existência das diversas características hereditárias dos seres vivos. Sobre as propriedades do DNA, marque a(s) afirmação(ões) correta(s) e então assinale a alternativa exata:

I – Todos os organismos vivos e os vírus possuem DNA como material genético.
II – O DNA possui a informação necessária para a produção de proteínas
III – Bactérias possuem composição do DNA diferente do das plantas e dos animais.
IV – O DNA apresenta-se sempre no núcleo das células, coberto pelo envoltório nuclear.

a) Apenas IV.
b) I, II , III, IV.
c) I, III, IV.
d) Apenas I e II.
e) Apenas II.

10. Os desmossomos são especializações da membrana plasmática e têm como função:
a) aumentar a área de absorção celular.
b) firmar ligações intracelulares.
c) firmar ligações intercelulares.
d) promover movimentação celular.
e) permitir troca de citoplasma entre células vizinhas.


"Noventa por cento do sucesso se baseia simplesmente em insistir."
Woody Allen

Respostas:
1 E
2 A
3 B
4 A
5 B
6 D
7 C
8 A
9 E
10 C

______________________________________________________________________________

PROVA 2

1. Existem na Terra cerca de 30 milhões de espécies diferentes. De acordo com MARGULIS (2001), esta enorme biodiversidade está organizada de acordo com as peculiaridades estruturais e funcionais dos grupos existentes, obedecendo a vários níveis de complexidade. A megabiodiversidade abre caminho para várias proposições, como as listadas a seguir:
I. Podemos encontrar, entre milhões de espécies, indivíduos procariontes unicelulares, eucariontes unicelulares e eucariontes pluricelulares.
II. Organismos unicelulares heterotróficos são encontrados apenas nos dois reinos de menor complexidade estrutural.
III. Organismos autotróficos são encontrados nos dois reinos de maior complexidade estrutural e funcional.
IV. A diminuição da biodiversidade é proporcional às predações naturais que por sua vez controlam as mutações gênicas.
É correto afirmar que:

a) Apenas I é correta.
b) Apenas II e III são corretas
c) Apenas II e IV são corretas.
d) Todas as proposições são verdadeiras
e) Todas as proposições são falsas.

2. Em muitos locais, é comum que não existam instalações sanitárias adequadas, permitindo o contato das fezes com o solo. Quais verminoses podem estar relacionadas a esse fato?
a) Esquistossomose, ascaridíase e ancilostomose.
b) Teníase, elefantíase e oxiurose.
c) Ancilostomose, filariose e cisticercose.
d) Bicho Geográfico, amarelão e lombrigas.
e) Todas as verminoses citadas nas alternativas anteriores estão relacionadas



3. Relacione as colunas sobre alguns dados apresentados dos vermes parasitas humanos dos filos Platyhelmintes e Nematoda e, em seguida, assinale a alternativa correta:
 



A. Schistosoma mansoni
B. Taenia solium
C. Ancylostoma duodenale
D. Wuchereria bancrofti
E. Ascaris Lumbricoides 

a. Cisticerco
b. Intestino
c. Vaso linfático
d. Amarelão
e. Fígado

1. Homem hospedeiro intermediário
2. Homem hospedeiro definitivo
3. Homem único hospedeiro

a) Ae2, Ba2, Cd3, Dc2 e Eb3
b) Ad1, Ba3, Cc3, De2 e Eb2
c) Ac2, Ba2, Ce1, Db1 e Ed2
d) Ae3, Bb1, Ca2, Dc3 e Ed2
e) Ab1, Ba3, Cd1, Dc1 e Eb3

4. Antes da descoberta do plástico, as esponjas de banho utilizadas na higiene pessoal eram obtidas a partir de animais marinhos pertencentes ao Filo Porifera. Em relação aos animais desse filo e às suas características, pode-se afirmar que:
I. São invertebrados aquáticos filtradores, de corpo esponjoso e de estrutura simples, sem tecidos ou órgãos diferenciados nem sistema nervoso.
II. Apresentam numerosos poros laterais e, na região superior do corpo, uma única abertura para a entrada do alimento e da água, denominada de ósculo.
III. Apresentam digestão extracelular na espongiocele, que ocorre por meio de enzimas produzidas pelos amebócitos.
IV. Apresentam digestão intracelular, que ocorre no interior dos coanócitos e dos amebócitos.
V. Apresentam circulação de água, facilitada por meio de células especiais flageladas, denominadas de coanócitos.
Assinale a alternativa correta: 
a) I, II, V, apenas.
b) II, III, IV, apenas.
c) I, IV, V, apenas.
d) I, III, V, apenas.
e) III, IV, V, apenas.

5. Em uma aula de Sistemática, a professora falou acerca das principais categorias taxonômicas (reino, filo, classe, ordem, família, gênero e espécie) e, para ilustrar sua aula, apresentou a seguinte relação de organismos representantes da rica biodiversidade da caatinga.

Nome científico              Nome popular ou equivalente
Callonychium brasiliense Espécie de abelha
Amazonetta brasiliensis Espécie de pato
Euphractus sexcinctus     Tatu-peba
Dasypus novemcinctus         Tatu verdadeiro
Schinopsis brasiliensis         Baraúna, planta arbórea
Richardia brasiliensis         Planta herbácea
Opuntia inamoena         Cacto
Opuntia palmadora        Cacto

Com relação aos organismos citados, identifique a alternativa incorreta:
a) Amazonetta brasiliensis e Schinopsis brasiliensis pertencem a gêneros diferentes.
b) Opuntia inamoena e Opuntia palmadora pertencem ao mesmo gênero.
c) Euphractus sexcinctus e Dasypus novemcinctus pertencem a classes diferentes.
d) Schinopsis brasiliensis e Richardia brasiliensis pertencem ao mesmo filo.
e) Callonychium brasiliense e Amazonetta brasiliensis pertencem a filos diferentes.

6. Na família Ascarididae, são encontradas espécies de grande importância médico-veterinária representadas principalmente pelo A. lumbricoides L.(1758) e A. suum Goeze (1882), que parasitam, respectivamente, o intestino delgado de humanos e de suínos. Sobre a ascaridíase, assinale V para verdadeiro e F para falso:
(     ) O ser humano contrai ascaridíase por contaminação oral-fecal.
(     ) O Ascaris lumbricoides é monoico e realiza autofecundação, gerando novos ovos.
(   ) Como medida profilática, deve-se evitar ingerir carnes malcozidas a fim de não contrair a lombriga.
(  ) Ao eclodirem, as larvas passam do intestino para a corrente sanguínea e então irão parasitar células do fígado, onde realizam reprodução sexuada.
(  ) As larvas, ao romperem os alvéolos pulmonares, são engolidas, completando o desenvolvimento no intestino e gerando novos ovos por reprodução cruzada.

a) V, V, F, V, F
b) V, F, V, F, V
c) V, F, F, F, V
d) V, F, V, F, V
e) F, V, V, F, F

7. Os cnidários são animais aquáticos de corpo mole e gelatinoso, cujos representantes mais conhecidos são as águas-vivas, as anêmonas-do-mar e os corais. A coluna da esquerda apresenta três classes de cnidários e a da direita, características e exemplos. Numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda:

1. Hydrozoa ( ) Passa a maior parte do ciclo de vida como medusa.
2. Scyphozoa ( ) Possui somente o estágio de pólipo em seu ciclo de vida.
3. Anthozoa ( ) Passa a maior parte do ciclo de vida como pólipo..

Assinale a sequência correta: 
a) 1, 3, 2.
b) 3, 1, 2.
c) 2, 3, 1.
d) 2, 1, 3.
e) 3, 2, 1.

8. É falsa a afirmativa
a) Os corais são cnidários sésseis e coloniais, que secretam uma matriz de moléculas orgânicas sobre a qual se deposita o carbonato de cálcio – o esqueleto final da colônia de coral.
b) Os corais não prosperam em águas pobres em nutrientes, por isso certos poluentes “nutritivos”, como nitrogênio em abundância, favorecem seu desenvolvimento.
c) Os recifes de coral do mundo todo estão sendo ameaçados pelo aquecimento global, que está aumentando as temperaturas das águas oceânicas rasas tropicais, ideais à proliferação desses seres.
d) Os antozoários constituem a classe, mais numerosa de espécies de cnidários, mesmo considerando o fato de as medusas não existirem nessa classe.
e) O indivíduo componente da colônia, o pólipo, possui tentáculos ao redor da boca, que está localizada no lado oposto ao ponto de fixação.

9. Os poríferos são importantes componentes da biomassa dos ecossistemas marinhos e em especial dos recifes de coral, onde diversos organismos utilizam este ambiente com fins de alimentação, reprodução e de abrigo. Os principais aspectos ecológicos estão relacionados com o reforço dos poríferos na produção primária em águas rasas, quando associadas a cianobactérias simbiontes, ou mesmo as algas unicelulares simbiontes. 
Disponível em: http://www.editoraufjf.com.br/revista/index.php/zoociencias/article/viewFile
Sobre a reprodução e o desenvolvimento dos poríferos, assinale a alternativa incorreta:

a) As esponjas podem ser dioicas ou monoicas, apresentando fecundação interna e desenvolvimento interno.
b) Esponjas reproduzem-se assexuadamente por brotamento: uma massa de amebócitos se agrega e posteriormente se diferencia em cada tipo celular do porífero.
c) Os poríferos são hermafroditas, e o desenvolvimento do zigoto gera diretamente uma nova esponja.
d) Vários brotos oriundos de reprodução assexuada formam colônias de esponjas unidas anatomicamente.
e) A fecundação dos gametas masculinos e femininos origina um zigoto, que se desenvolve na larva anfiblástula.

10. – Você encontrou presunto!
– E daí?
– Onde tem presunto tem porco. E onde tem porco tem neurocisticercose.
– Tênia? Acha que ela tem um verme no cérebro?
– Em caso típico, se não cozinhar bem a carne de porco […] pode ingerir larvas de tênias vivas.
– Elas têm pequenos ganchos… se prendem no intestino em que vivem, crescem e se reproduzem.
– Uma tênia pode produzir de 20 a 30 mil ovos por dia […] os ovos podem atravessar a parede do intestino e chegar ao sangue […]  

Dr. House, M. D. Episódio 1 – 1ª. temporada.







No dia a dia dentro de um hospital a equipe do Dr. Gregory House tenta diagnosticar doenças muitas vezes complicadas. O diálogo acima revela mais um caso que Dr. House e sua equipe tentam solucionar. Refere-se a uma garota de 29 anos que procura ajuda após passar por um desmaio e uma crise convulsiva em sua sala de aula. Sobre a situação explicitada, podemos afirmar:

I. A paciente pode estar com cisticercose e teníase.
II. Entre as diversas medidas preventivas da teníase, não podemos mencionar o exame visual da carne a ser consumida, pois os cisticercos são invisíveis a olho nu.
III. Para combater a teníase, a paciente, tida como hospedeira intermediária, deve ter filtrado a água que utiliza para beber e ter lavado muito bem as frutas e verduras que costuma ingerir diariamente.

Marque a alternativa correta:
a) Apenas a afirmação I está correta.
b) As afirmações II e III estão corretas.
c) Apenas a afirmação III está incorreta.
d) Apenas a afirmação II está correta.
e) Nenhuma afirmação está correta.

"Noventa por cento do sucesso se baseia simplesmente em insistir."
Woody Allen


1 A
2 A
3 A
4 C
5 C
6 C
7 C
8 B
9 C
10 A

______________________________________________________________________________

PROVA 3








http://www.qmc.ufsc.br/qmcweb/artigos/virus_container/virus.html

1. A imagem acima é referente à uma propaganda que foi retirada do site da Universidade Federal de São Carlos.

Sobre os vírus é correto afirmar, que:

a) em qualquer infecção viral, é indispensável que o capsídeo permaneça intacto para que o ácido nucleico do vírus seja transcrito.
b) em todos os vírus que têm como material genético o RNA, este será capaz de se duplicar sem a necessidade de se transformar em DNA, originando várias cópias na célula hospedeira.
c) no caso dos retrovírus, que causam diversos tipos de infecções, a enzima transcriptase reversa catalisará a transformação do DNA viral em RNA mensageiro.
d) no caso do vírus que tem como material genético o DNA, este será transcrito em RNA mensageiro, que comandará a síntese das proteínas virais.
e) em qualquer infecção viral, o ácido nucleico do vírus tem a capacidade de se combinar quimicamente com substâncias presentes na superfície das células, o que permite ao vírus reconhecer e atacar o tipo de célula adequado a hospedá-lo.

2. Certo parasita que causa uma doença humana aloja-se no estômago e depois na glândula salivar do hospedeiro transmissor. A seguir, no ciclo de transmissão da doença para o homem, o parasita invade a corrente sanguínea, depois o fígado, onde se multiplica, atingindo novamente a corrente sanguínea.
O parasita, o hospedeiro transmissor e a doença descritos respectivamente são:

a) Trypanosoma gambiensis / Glossina palpalis / Doença do Sono
b) Trypanosoma cruzi / Triatoma infestans / Doença de Chagas
c) Leishmania brasiliensis / Phlebotomus intermedius / Leishmaniose
d) Wuchereria bancrofti / Culex fatigans / Filariose
e) Plasmodium vivax / Anopheles / Malária 

3. Em experimentos de engenharia genética, alguns pesquisadores introduziram em células bacterianas uma sequência de DNA ativo, responsável pela produção de insulina humana. A síntese desse hormônio proteico no interior das bactérias é:

a) Possível, se além de referido gene forem introduzidas ribossomos, componentes celulares ausentes em bactérias.
b) Possível, pois executando-se a referida sequência de DNA , as bactérias apresentam os componentes necessários à síntese de proteínas.
c) Impossível, pois o RNA mensageiro correspondente à insulina não seria transcrito.
d) Impossível, pois as bactérias não apresentam enzimas capazes de promover as ligações peptídicas encontradas na insulina.
e) Impossível, pois o DNA bacteriano seria destruído pelo DNA humano e as células perderiam a atividade.

4. Para prevenir doenças parasitárias, precisamos conhecer o ciclo dos parasitas humanos. Sobre o ciclo e prevenção dos parasitas humanos, é incorreto afirmar que:

a) No ciclo da malária, uma forma infectante do Plasmodium sp. invade os eritrócitos causando sua destruição.
b) A prevenção da leishmaniose seria o controle dos insetos transmissores, além de medidas que impeçam o contato entre as pessoas.
c) A prevenção da amebíase e giardíase exige a construção de uma adequada rede de esgoto que possa destinar as fezes para lugar seguro, controle da qualidade da água, correta lavagem de verduras com água não contaminada e hábitos de higiene pessoal.
d) As cercárias são a forma infectante da esquistossomose.
e) Para erradicar a doença de Chagas é necessário combater o Triatoma infestans com inseticidas e evitar locais de alojamento do mesmo, construindo casas de alvenaria. É preciso também fiscalizar bancos de sangue, já que o tripanossomo pode ser transmitido por transfusões de sangue.

5. Considere o quadro abaixo.



Assinale a alternativa que contém os itens que completam corretamente o quadro acima, substituindo, respectivamente, os números 1, 2 e 3:

a) Leishmaniose tegumentar – Plasmodium falciparum – Combate aos roedores.
b) Leishmaniose visceral – Plasmodium malariae – Combate ao caramujo vetor.
c) Calazar – Plasmodium vivax – Combate aos roedores.
d) Leishmaniose tegumentar – Plasmodium vivax – combate ao inseto vetor.
e) Calazar – Plasmodium malariae – Combate ao inseto vetor.

6. O gráfico abaixo tem relação com o ciclo de um protozoário parasita pertencente ao gênero Plasmodium. Nele, são mostradas as variações de temperatura corpórea em função do tempo de pessoas infectadas pelo parasita:



As setas no gráfico indicam o momento em que uma das formas de vida desse parasita
a) entrou na circulação por meio da picada de um inseto infectado.
b) apresentou alta taxa de reprodução no fígado.
c) foi liberada no sangue, após o rompimento de hemácias.
d) apresentou alta taxa de reprodução nas fibras cardíacas.
e) causou sérias lesões no intestino.

7. Ribovânio lembra que o desmatamento indiscriminado e a construção de moradias bem perto da mata têm implicações na saúde pública. Refere-se, então, a seguinte manchete de um jornal da cidade – Surto de calazar lota enfermaria.
O referido surto deve ter ocorrido porque:

a) a proximidade da mata, nessas áreas, permitiu que cães se infectassem quando morderam raposas;
b) cães se infectaram muito mais facilmente, transmitindo a doença para crianças, através de mordidas.
c) a alta densidade populacional facilitou a transmissão da doença, de pessoa a pessoa, através de gotículas de saliva;
d) habitantes dessas áreas passaram a ter mais contato com insetos transmissores do agente causador da doença;
e) todas as alternativas estão corretas

8. Em certas regiões do nordeste brasileiro são utilizados, na construção de habitações rurais, tijolos de diatomitos constituídos por carapaças compactadas de diatomáceas.
Esse material corresponde a:

a) algas crisofíceas ou douradas.
b) algas feofíceas ou algas pardas (marrons).
c) artrópodos (quilópodos e diplópodos).
d) poríferos ou esponjas.
e) moluscos gastrópodos.

9. Um aquário do laboratório apresentava, nas paredes internas, um tom esverdeado com  pequeninas bolhas junto às manchas verdes. À noite, as bolhinhas desapareciam. A explicação do fenômeno é que as manchas verdes são:

a ) algas e, a través de fotossíntese, eliminam O2.
b) algas e, através da respiração, eliminam CO2.
c) musgos primitivos, produzindo CO2 fotossintético.
d) bactérias fotossintetizantes, produzindo CO2.
e) liquens aquáticos, produzindo monóxido de carbono.

10. Clorofíceas, feofíceas e rodofíceas ocorrem tanto em água doce como no mar, mas cada um desses grupos é mais abundante em um dos ambientes citados. Assinale a alternativa da tabela que contém os principais ambientes nos quais esses diferentes tipos de algas predominam.
a) clorofíceas: água doce, feofíceas: água doce e rodofíceas: água doce
b) clorofíceas: água doce, feofíceas: mar e rodofíceas: mar 
c) clorofíceas: água doce, feofíceas: água doce e rodofíceas: mar
d) clorofíceas: mar, feofíceas: mar e rodofíceas: água doce
e) clorofíceas: mar, feofíceas: mar e rodofíceas: mar

"Noventa por cento do sucesso se baseia simplesmente em insistir."
Woody Allen

1 D
2 E
3 B
4 B
5 D
6 C
7 D
8 A
9 A
10 B

______________________________________________________________________________

PROVA 4



1. Sobre a fotossíntese, assinale qual das afirmativas a seguir está incorreta?

a) A fotossíntese é responsável pela produção de alimentos e pela retirada de CO2 do ambiente, função que controla o aquecimento global.
b) O oxigênio que respiramos vem da molécula de água que, durante a etapa fotoquímica da fotossíntese, é quebrada pela luz, liberando esse gás para o ambiente.
c) As cores dos frutos devem-se aos pigmentos carotenoides dos cromoplastos.
d) O processo de fotossíntese possibilita a reposição de oxigênio na atmosfera terrestre e a produção de alimentos que constituem a base das cadeias alimentares.
e) Os leucoplastos são incolores e geralmente encontrados em todos os órgãos das plantas. Eles podem armazenar amido (amiloplastos); óleos (oleoplastos) e proteínas (proteoplastos).

2. Para que a fotossíntese ocorra com sucesso, ela depende de alguns fatores extremamente importantes, ou seja, alguns fatores podem interferir na taxa de fotossíntese de uma planta. Com relação a estes determinantes, analise as proposições a seguir:
I – A fotossíntese é diretamente influenciada pela concentração de gás oxigênio.
II – Com relação à taxa fotossintética, a temperatura é um fator limitante.
III – O espectro de luz mais eficiente para a fotossíntese é o verde.
IV – A taxa fotossintética pode ser diretamente influenciada pela concentração de gás carbônico.

Estão corretas:
a) I, II e III
b) II, III e IV
c) I, II e IV
d) II e IV
e) Todas


3. A fotossíntese ocorre em duas etapas: fotoquímica e química. A etapa fotoquímica precisa de luz e clorofila, a química é independente da luz, mas necessita dos produtos da etapa fotoquímica para ocorrer. Sobre a fase fotoquímica, assinale a alternativa correta:

a) A energia luminosa é usada para sintetizar moléculas de ATP e destruir a molécula de água, liberando oxigênio e H+. O oxigênio vai para o ambiente e o H+ é utilizado para formar NADPH. Tanto o ATP quanto o NADPH serão utilizados na fase seguinte da fotossíntese.
b) A energia luminosa é usada para sintetizar moléculas de ATP e destruir a molécula de gás carbônico, liberando oxigênio e H+. O oxigênio vai para o ambiente e o H+ é utilizado para formar NADPH. Tanto o ATP quanto o NADPH serão utilizados na fase seguinte da fotossíntese.
c) A energia química é usada para sintetizar moléculas de ATP e destruir a molécula de água, liberando oxigênio e H+. O oxigênio vai para o ambiente e o H+ é utilizado para formar NADPH. Tanto o ATP quanto o NADPH serão utilizados na fase seguinte da fotossíntese.
d) A energia química é usada para sintetizar moléculas de ATP e destruir a molécula de gás carbônico, liberando oxigênio e H+. O oxigênio vai para o ambiente e o H+ é utilizado para formar NADPH. Tanto o ATP quanto o NADPH serão utilizados na fase seguinte da fotossíntese.
e) A energia luminosa é usada para sintetizar moléculas de ATP e destruir a molécula de água, liberando oxigênio e H+. O oxigênio vai para o ambiente e o H+ é utilizado para formar NADPH. Tanto o ATP quanto o oxigênio serão utilizados na fase seguinte da fotossíntese.

4. Sobre as etapas da fotossíntese. Observe o esquema das etapas.
1 – Síntese de ATP e NADPH
2 – Absorção luminosa.
3 – Liberação de gás oxigênio
4 – Fotólise
5 – Fase enzimática

Marque a alternativa com a correta ordem cronológica de acontecimentos:

a) 5, 1, 4, 3 e 2
b) 2, 3, 1, 4 e 5
c) 2, 1, 4, 3 e 5
d) 5, 3, 2, 1 e 4
e) 5, 4, 1, 3 e 2

5. Durante a fotossíntese, ocorre um conjunto de reações químicas que possibilita a transformação de algumas moléculas. Sobre estas reações, considere as seguintes afirmativas:
I – A fase clara acontece nos tilacoides do cloroplasto e nela é liberado o gás oxigênio.
II – Na etapa fotoquímica ocorre a produção de glicose
III – O gás oxigênio é um produto da fase escura e advêm da molécula de gás carbônico quando esta está se ligando para formar a glicose.
IV – A fase escura ocorre no estroma, onde não existem moléculas de clorofila e é independente do período do dia para ocorrer.

Estão corretas:
a) I e IV
b) II e III
c) I, II e III
d) Todas
e) Nenhuma

6. Algumas condições são essenciais para a realização da fotossíntese. Considere na tabela a seguir o sinal + como fator essencial e no sinal – como fator não essencial.


Gás carbônico
Glicose
Água
Gás oxigênio
a)
+
+
b)
+
+
+
+
c)
+
+
+
d)
+
e)
+


7. Os plastos localizam-se nas células das células eucariontes vegetais. Eles desempenham diversas funções nos organismos constituídos por essas células. Relacione a função dos plastos para estes organismos e assinale a alternativa incorreta:

a) Algumas flores, como o girasol e a rosa vermelha, por exemplo, podem apresentar xantoplastos e eritroplastos
b) Os amiloplastos são frequentes em órgãos vegetais subterrâneos (raízes e caules) e em sementes e frutos.
c) A mandioca é uma raiz que possui função de reserva nutricional para a planta, desta forma suas células são ricas em amiloplastos.
d) Os proplastos são plastos que apresentam DNA próprio.
e) Os cromoplastos e os leucoplastos têm origem nos proplastos, sendo que muita iluminação influencia a geração de maior quantidade dos primeiros.

8. A fotossíntese é um processo de transformação de energia luminosa em energia química, realizada por organismos autotróficos. Sobre a fotossíntese, é correto afirmar:

a) ao final da fotossíntese são produzidas diversas moléculas de ATP.
b) os organismos autotróficos crescem mais sob a luz verde, porque a clorofila é um pigmento verde.
c) a fotossíntese é um processo dependente de luz e pode ocorrer na ausência da água.
d) somente plantas vasculares são capazes de realizar a fotossíntese.
e) a unidade fotossintética da planta, a clorofila, localiza-se nos tilacóides dos cloroplastos.

9. Com o surgimento da fotossíntese, grandes concentrações de oxigênio passaram a se acumular na atmosfera. Esse acúmulo foi um dos eventos cruciais para a evolução da vida na Terra, pois, em concentrações elevadas, o oxigênio é extremamente reativo e pode causar danos aos componentes celulares. Aceita-se que a evolução das células eucarióticas se deu por endossimbiose; por esse motivo, as mitocôndrias e os cloroplastos são descendentes de diferentes procariontes integrados às células primitivas por processos de fagocitose. Das alternativas a seguir, qual está incorreta com relação è hipótese endossimbiótica?

a) Bactérias primitivas fotossintéticas foram englobadas por células eucarióticas primitivas anaeróbias, passando a viver e a se multiplicar nessas células.
b) Essa relação endossimbiótica favoreceu a célula menor, que passou a receber proteção, e a célula maior, que passou a ser autotrófica.
c) O mesmo aconteceu com as mitocôndrias, que passaram a viver dentro das células eucarióticas.
d) O fato de mitocôndrias e cloroplastos terem semelhanças estruturais reforça a hipótese endossimbiótica.
e) A presença de DNA próprio nos cloropastos indica que eles surgiram antes das mitocôndrias

10. Sobre os gases (carbônico e oxigênio) pode-se afirmar que:

a) O gás carbônico é sintetizado somente à noite.
b) O gás carbônico é sintetizado somente durante o dia.
c) O gás oxigênio é sintetizado apenas à noite.
d) O gás oxigênio é sintetizado apenas durante o dia.
e) O gás oxigênio e o gás carbônico são sintetizados dia e noite.


1 E
2 D
3 A
4 C
5 A
6 A
7 E
8 E
9 E
10 D


______________________________________________________________________________





QUESTÕES DISCURSIVAS


Origem da Vida

A Biologia (do grego, bios: vida; logia=estudo) é uma ciência muito ampla, que se preocupa em estudar todos os seres vivos e compreender os mecanismos que regem a vida.

1. Como podemos relacionar a biologia ao nosso cotidiano?
2. Por que estudar o mundo em que vivemos?
3. Do seu ponto de vista como surgiu a vida na Terra?
4. Como essa ciência pode contribuir para a sua formação?

_________________________________________________________________________________



Nenhum comentário:

Postar um comentário